Translate - Google tradutor!!!

RADIO - AO VIVO

Rádio Jovem Pan Florianópolis
101,7 MHz - AO VIVO

Carregando o player...

https://plus.google.com/u/0/dashboard

Pesquise aqui: Blog e Links + Web

Carregando...

sábado, 4 de junho de 2016

CAPA PARA LNBF BANDA KU- ESHOPSATELITE



Olá Satentusiastas!Quem tiver alguma dúvida poderá postar uma mensagem aqui."Postar um comentário"Obrigado.Francisco Crispim

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

E-SHOP SATELITE: CANAL DO HOBBYSTA SATENTUSIASTA, PROFISSIONAL E EXPLORADORES DE SATÉLITE E TV HDTV

SATÉLITE STAR ONE C2 - NA POSIÇÃO DE 70.0º W

Sobre o Satélite Star One C2


A Hot Position Brasil
O Star One C2 foi lançado em abril de 2008 e junto com o Star One C1, faz parte da terceira geração de satélites Embratel Star One (denominada série C). Esses novos satélites asseguram a continuidade dos serviços de telefonia, televisão, rádio, transmissão de dados e internet no Brasil e ainda expandem esses serviços para os países da América Latina.
O satélite Star One C2 ocupa a posição orbital de 70,0°W, a mais importante para o mercado de Broadcasters no Brasil. Essa posição é considerada hot position por transmitir os sinais das maiores emissoras de televisão do país e ainda possuir um parque de aproximadamente 16 milhões de antenas parabólicas apontadas.
O lançamento foi feito da base Kourou, na Guiana Francesa, pelo foguete da Arianspace. A partir da chegada à sua posição orbital correta, o controle do satélite passou a ser feito pela equipe da Embratel Star One na Estação de Guaratiba, no Rio de Janeiro.
O satélite Star One C2 orbita a 36 mil quilômetros da superfície da terra e tem praticamente o dobro da potência do Brasilsat B1 (antigo satélite nesta posição), assegurando a cobertura de todo o território nacional e garantindo a ampliação para toda América do Sul, México e Flórida (EUA).
Dados Técnicos
O Star One C2 possui transponders (receptores e transmissores de sinais) em Banda C, Banda Ku e Banda X.
A Banda C garante a oferta de sinais de TV, rádio, voz e dados, incluindo internet. A Banda Ku garante oferta de serviços como transmissão de vídeo e internet diretamente aos usuários, além de telefonia em localidades remotas. Já a Banda X é uma frequência exclusiva para uso militar.
O projeto e a construção dos satélites da terceira geração foram iniciados em 2003 e contaram com a participação de equipes técnicas da Embratel Star One, como astrônomos, engenheiros e analistas de sistemas.
O Star One C2 foi fabricado pela Thales Alenia Space, na França, baseado na plataforma SB 3000 – B3, tem massa total de 4100 kg e vida útil média de 15 anos.



Mapa de cobertura Banda C e KU:




LANÇAMENTO VÍDEO DO Star One C2



Simulação de lançamento (abaixo) e ajuste de órbita do satélite Star One C2 em 70.0º W



CANAIS DE TV ANALÓGICO DO STAR ONE C2

Canais de TV analógico via satélite por frequência e polarização

PolarizaçãoFrequênciaCanal
H1430Globo (Nacional)
V1416SBT (Nacional)
H1400TV Brasil
H
V                 
1380
1380
TV Escola
TV EVANGELIZAR
V1360RedeTV!
H1360Terra Viva 
H1340Band (Nacional)
H1320Paraná Educativa
H1300Polishop TV
V1296Record (Nacional)
H1280Canal do Boi
H1260Rede Vida
H1240Rede 21 
H1220Claro TV Promo 
H1140IDEAL TV
V1140RIT
H1120TV Aparecida
V1120NBR
H1100Novo Canal
V
H
1084
1080
Canção Nova
Colors Bar
H1060TV Câmara
V1060Futura
H1040Rede Gazeta
V1040Shoptime
H1020TV Senado
V1020TV Cultura
H1000TV Século 21
V1000Rede Familia
H980Canal Rural
V980TV Esporte Interativo
V960Agro Canal

Rádios e SAP


PolarizaçãoFreqüênciaÁudioCanal
H9806.20Rádio Rural AM
H10206.20Rádio Senado
H10606.20Rádio Câmara
V16806.20Rádio Canção Nova AM
H11206.20Rádio Aparecida
H12206.20Rádio Ocasional/Canal Retorno
H12806.20Rádio Boa Nova
H13206.20Rádio Educativa FM
H13805.55/6.20Rádio Nacional de Brasília
H14005.55/6.20Rádio MEC
H14307.40Globo SAP - Filmes em inglês





LISTA GERAL DE CANAIS DO STAR ONE C2:

DIGITAIS E ANALÓGICOS





+FREQUÊNCIAS DO STAR ONE C2: TODAS AQUI NO: PORTAL BSD  


domingo, 27 de janeiro de 2013

MULTISWITCH - NOVAS TECNOLOGIAS PARA SINAL VIA SATÉLITE


Vamos comentar aqui sobre as novas tecnologias para permutação de diversos Satélites e distribuir para diversos Receptores Digitais.




MULTISWITCH - NOVAS TECNOLOGIAS PARA SINAL VIA SATÉLITE

(Veja no E-SHOP SATELIE: 


http://www.eshopsatelite.com.br/category.php?id_category=3 )



Loja Virtual E-SHOP SATELITE: http://www.eshopsatelite.com.br/














Exemplo de Multiswitches  03/12 satélites (12 polaridades ou 06 SATÉLITES) e 110/220V.
- 13 entradas e 04 saídas independente para distribuição de 12 SAT Polaridades e um sinal terrestres, para 04 usuários.

- Com a qualidade Internacional da Emp-Centauri.





Multiswitches são compatíveis com todos os Receptores de satélite, que a sustentação DiSEqC sistema de controle Protocolo 1.0


- Banda Ku LNBF Quattro e Quad Ku
- Banda C - LNBF Multiponto com Divisor Alta Frequência 1x4 (cada 04 entradas) e outras combinações.



 ***Aqui no E-Shop Satélite você econtra soluções Inteligentes.***
 3 satélites multiswitches











  • 3-satélites (12 polaridades) multiswitches autônomo com uma fonte de alimentação integrada são projetadas para a distribuição de sinais terrestres e de satélite da posição 3 satélites para até 16 inscritos (Profi Class 26 inscritos). 

    Principais características da Classe Econômica multiswitches
    • compatível com o Mod.  LNB Quattro e Quad Ku
    • activa ou passiva de entrada terrestre, dependendo do tipo de produto
    • fonte de alimentação integrada (110/220 Volts auto seleção)


  • EXEMPLO DE MULTISWITCH MS13 / 4PIU-6 V10 DA EMP-CENTAURI






    Eles são apropriados tanto para a recepção analógica e digital.



      [dBμV]; SAT: PT 50083-3/35dB IMA 










  • Multiswitch 13in/4out autônomo para distribuição de 12 sab se os sinais terrestres, incluindo ativos para até 4 usuários




  • Especificações do MS13 / 4PIU-6 V10
    Faixa de freqüênciaEntradas LNB 950-2150 MHz 
    Terr. Entrada 40-862 MHz 
    Saídas 40-2150 MHz 
    ControleDiSEqC 1.0 (2.0) os comandos
    A perda de inserçãoSáb.  0 dB avg
    Terr. 0 dB avg
    Sáb. isolamento de insumosEntre V / H polarizações 20 min dB
    Entre as bandas de baixa / alta 20 min dB
    Entre sáb. sistemas 25 min dB
    Nível máximo de entrada *Sáb. 90 dBμV avg
    Terr. 90 dBμV avg
    Nível máximo de saída *Sáb. 90 dBμV avg
    Terr. 90 dBμV avg
    O consumo de energiaA partir de cada receptor 75 mA (18V)
    De fonte de alimentação interna 6,5 W + LNB
    Dimensões (w, d, h)47,0 x 15,2 x 8,7 centímetros
    (Comprimento do cabo de alimentação 130 cm)
    Faixa de temperatura-25 ~ 60 ° C



    Terr. *: PT 50083-3/60dB IMA 3 3 [dBμV]
     Specifications of MS13/ 4PIU-6 V10Frequency rangeLNB inputs 950-2300 MHz Terr. input 5-862 MHz (passive) 

    40-862 MHz (active) 
    Outputs 5-2300 MHz (passive) 

    40-2300 MHz (active) Control DiSEqC 1.0 (2.0) commandsInsertion lossSat. 0 dB avgTerr. passive 12 dB avgTerr. active 0 dB avgSat. inputs isolationBetween V/H polarisations 20 dB minBetween low/high bands 20 dB minBetween sat. systems 25 dB minMaximum input level*Sat. 90 dBµV avgTerr. 100 dBµV avg (passive)

    90 dBµV avg (active)Maximum output level*Sat. 90 dBµV avgTerr. 88 dBµV avg (passive)
    90 dBµV avg (active)Power consumptionFrom each receiver 75 mA (18 V)From internal power supply 4.5 W (passive)
    6.5 W (active) + LNBDimensions (w,d,h)47.0 x 15.2 x 8.7 cm
    (power cord length 130 cm)Temperature range-30 ~ +70 °C



    DiSEqC - um resumo geral. 


    Nos últimos anos, a palavra "DiSEqC" é um dos termos mais frequentemente usados na linguagem técnica ou descritiva quando se fala de recepção satélite, nomeadamente de receptores, comutações e posicionamento de antenas. Mas… afinal, o que é o DiSEqC, para que serve e como funciona ?

    Revolucionou os sistemas de comutação utilizados nas instalações domésticas, como também do tipo TVRO, de recepção de satélites. Permite substituir com eficácia e maior simplicidade o posicionamento de antenas de recepção satélite, até então por utilização de motores de tipo tradicional alimentados a 36 V. Vamos procurar, de modo simples e pouco complicado, descrever este sistema de comutação e posicionamento que facilitou a instalação e operação das antenas parabólicas a todos os utilizadores.

    O que é ? Para que serve ?

    O nome DiSEqC ( Digital Satellite Equipment Controller ), o qual em português toma o seguinte significado "Controlador Digital de Equipamento para Satélite", foi um protocolo de comutação desenvolvido em conjunto entre a Eutelsat e a Philips, com a finalidade de possibilitar a comutação entre antenas, utilizando o cabo de transporte de sinal entre o LNBF e o receptor, tirando, por seu turno, partido de algumas das características funcionais existentes já nos receptores e adicionando outras de modo a completar este tipo de protocolo. 
    Umas das vantagens imediatas deste novo sistema de comutação digital foi a de implementar um sistema de comutação de caráter universal, mais simples e prático que os existentes até então, e, acima de tudo, facilitar não só a instalação dos sistemas empregues para esse fim como, por outro lado, evitar a sempre problemática necessidade de alimentações externas, eliminando a utilização de vários cabos, tanto de transporte de sinal como de energia, entre os diversos elementos das cadeias de recepção, ou seja, entre as diversas caixas de comutação, LNBF ou antenas e os respectivos receptores, aproveitando para todas as tarefas funcionais e de comutação o único cabo que os interliga com o receptor. 
    O princípio de funcionamento do DiSEqC é bastante simples: atuando o receptor como um controlador, sendo-lhe incluído um circuito adicional, o qual envia os comandos para os comutadores de tipo coaxial, ou então para um LNBF de última geração, que possam entender estes tipos de comando.

    Este tipo de comando é efetuado modulando a frequência de 22 kHz existente nos receptores e empregue na comutação entre banda baixa e banda alta nos LNBF's universais, com trens de impulsos, os quais obedecem a um protocolo pré-estabelecido para os equipamentos destinados a esta finalidade, "master" e "slaves", sendo por conseguinte perfeitamente entendidos pelos periféricos a quem são destinados ( comutadores, LNBF's, posicionadores, etc… ).

      

    Os tipos de DiSEqC existentes são:
    DiSEqC 1.0 – É a versão básica deste tipo de comutação, sendo unidireccional, o que significa que só permite a emissão a partir do receptor para o comutador do mesmo tipo. Controla um máximo de 4 entradas e uma saída; 
    DiSEqC 1.1 – Semelhante ao anterior, mas pode controlar até 16 entradas de sinal, por permitir efetuar a comutação com outros comutadores semelhantes; 
    DiSEqC 1.2 – A principal função desta versão é a possibilidade de mover antenas, por utilização de um motor elaborado especialmente para este protocolo. Por outro lado, pode igualmente, e ao mesmo tempo, à semelhança do DiSEqC 1.1, criar outros quatro sinais de controle e seleccionar até 16 outras antenas de recepção; 
    DiSEqC 2.0 – Versão semelhante à 1.0, mas, por sua vez, além da comutação permite o diálogo nos dois sentidos de modo a poder fornecer os dados relativos à comutação ao operador; 
    DiSEqC 2.1 – Semelhante ao DiSEqC 1.1, mas com informações de retorno para o operador; 
    DiSEqC 2.2 – Semelhante ao DiSEqC 1.2, mas igualmente com "feedback" de dados relativos ao posicionamento e comutação; 
    A possibilidade de informação de retorno é importante, na medida em que se pode a qualquer momento aferir o estado da instalação.
    Outros tipos de DiSEqC
    Para além dos relatados anteriormente, existem ainda outros tipos de DiSEqC, tais como o Mini DiSEqC e o DiSEqC 2.3:
    Mini DiSEqC – É um tipo de DiSEqC simplificado, o qual não sobrecarrega demasiado o receptor, permitindo somente a comutação de duas vias de entrada, A e B, o qual consta de um ou dois tons de nove impulsos do estado lógico 1, numa sequência de cerca de 12,5 m; 
    DiSEqC 2.3 – Desenvolvido pela Aston, permite, nos equipamentos da marca, a interação entre o receptor e o motor DiSEqC no formato 2.3, o qual proporciona retorno de posição e de outros dados para o receptor.

     
    Importante: Sempre desligar a alimentação elétrica ao mexer nas conexões dos equipamentos.



    Olá Satentusiastas! Quem tiver alguma dúvida poderá postar uma mensagem aqui. "Postar um comentário" Obrigado. 

     Francisco Crispim
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...